REDES SOCIAIS AMIS Facebook Twitter Youtube

AMIS



Super Nosso investe R$ 20 milhões em expansão de sua rede, em Belo Horizonte - 10/08/2017



 

Belo Horizonte e região metropolitana vão receber, até o fim deste ano, pelo menos mais seis unidades do Grupo Super Nosso, sendo dois supermercados, três lojas de proximidade da bandeira Momento Super Nosso e uma unidade do atacarejo Apoio Mineiro.


Considerando o supermercado já aberto este ano em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), o investimento em expansão realizado pela rede em 2017 somará cerca de R$ 20 milhões, segundo o diretor Comercial e de Operação do Grupo Super Nosso, Rodolfo Nejm. Já o faturamento deve saltar 12% em relação aos R$ 2,05 bilhões registrados em 2016, totalizando cerca de R$ 2,3 bilhões.


Com o foco em um mix diversificado e que traz novidades para os consumidores, o grupo possui hoje 36 unidades, sendo 15 lojas Super Nosso, 13 atacarejos Apoio Mineiro e oito Momento Super Nosso. Além disso, possui o e-commerce Super Nosso em Casa, e as distribuidoras especializadas DecMinas e DaMinas, que atendem mais de 600 municípios mineiros. Com a expansão prevista para este ano, o grupo chegará a 43 pontos de venda.


De acordo com Nejm, a expansão é baseada em duas principais estratégias: a primeira delas é o alcance de bairros ainda não são atendidos pela marca e, nesse caso, o grupo prioriza a inauguração de unidades do supermercado Super Nosso e do atacarejo Apoio Mineiro. A segunda estratégia está ligada ao conceito de proximidade nas regiões já atendidas, que é possível por meio das lojas da bandeira Momento Super Nosso, mais enxutas e focadas no público de conveniência.


A primeira unidade inaugurada pelo grupo este ano foi um supermercado no bairro Eldorado, em Contagem. Outras duas unidades desse padrão estão previstas para este ano, sendo uma no bairro Caiçara, na região Noroeste da Capital, e uma em Lagoa Santa (RMBH). “Não restringimos nossa expansão à lógica de classe social. Nosso foco está em bairros que ainda não têm a nossa marca e que são carentes de empreendimentos que oferecem variedades de produtos, inclusive de importados e frescos, que estão entre as nossas especialidades”, afirma.


Já as lojas de proximidade serão três: uma no Minas Shopping, na região Nordeste, e dois na região Centro-Sul da Capital, no Sion e Santo Antônio. De acordo com Nejm, essas são regiões já contempladas pela marca e, por isso, justifica a inauguração da loja focada em conveniência e que reforça o conceito de proximidade da marca. “Na região Centro-Sul é difícil achar um grande terreno para abrir uma unidade maior. Além disso, é uma região bem atendida, então nosso foco está em quem passa a pé por ali e precisa comprar algo antes de chegar em casa”, explica.


Atacarejo 


Sobre a unidade do atacarejo Apoio Mineiro, o diretor não dá muitos detalhes, mas afirma que será uma estrutura de 3 mil metros quadrados e que ficará próximo à Ceasa, na BR-040. Ao todo, o grupo está investindo cerca de R$ 20 milhões na expansão em 2017. A expectativa é de que as novas seis unidades sejam inauguradas nos meses de outubro, novembro e dezembro.


“Sabemos que o País vive momento de crise, mas estamos aproveitando esse momento, inclusive para encontrar imóveis mais baratos. Continuamos investindo porque acreditamos que esse é um momento que vai passar e também porque, ao longo dos últimos anos, o grupo investiu em infraestrutura. Temos um centro de distribuição e uma indústria, que abastece nosso açougue e padaria”, comemora.


O executivo afirma que a expectativa do grupo é crescer 12% em faturamento sobre o registrado em 2016. De acordo com a Pesquisa Ranking Abras/SuperHiper, divulgada em março desde ano, o Super Nosso ocupa o 15º lugar entre as 20 maiores empresas supermercadistas do País. Em relação à última edição da pesquisa, o supermercado subiu uma posição (de 16º para 15º) e seu faturamento cresceu de R$ 1,94 bilhão, em 2015, para R$ 2,05 bilhões, no ano passado.


Setor

 

O setor supermercadista brasileiro registrou faturamento de R$ 338,7 bilhões em 2016, um crescimento nominal de 7,1% na comparação com 2015, de acordo a 40ª edição da Pesquisa Ranking Abras/SuperHiper, elaborada pelo Departamento de Economia e Pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados em parceria com a Nielsen. O resultado registrado em 2016 pelo setor representa 5,4% do Produto Interno Bruto (PIB).


A pesquisa destaca ainda que o setor fechou 2016 com 89 mil lojas e 1,8 milhão de funcionários diretos. O faturamento das 20 maiores empresas supermercadistas do Ranking Abras/SuperHiper em 2016 chegou a R$ 180 bilhões.


O ano de 2016 trouxe algumas alterações nas posições do ranking. O Carrefour Comércio Indústria Ltda. registrou faturamento de R$ 49,1 bilhões, passando para a primeira posição, em segundo lugar ficou o Grupo Pão de Açúcar (GPA), com faturamento de R$ 44,9 bilhões (sem contabilizar o faturamento da Via Varejo). O Walmart Brasil Ltda se manteve na terceira posição no ano passado, com faturamento de R$ 29,4 bilhões, seguido pelo Cencosud, que registrou em 2016 faturamento de R$ 9,0 bilhões.


(Fonte: Diário do Comércio)


ONDE ESTAMOS

Rua Levindo Lopes, 357 - 6º andar - Funcionários Belo Horizonte - MG

EMAIL

amis@amis.org.br

LIGUE

(31) 2122-0500
Facebook Twitter Youtube



© Copyright 2013 - AMIS - Associação Mineira de Supermercados. Todos os direitos reservados.