REDES SOCIAIS AMIS Facebook Twitter Youtube

AMIS



Confiança do consumidor no Brasil melhora em maio, diz FGV - 24/05/2017



A confiança do consumidor brasileiro voltou a melhorar em maio, após uma pausa no mês anterior, diante do recuo da inflação e dos juros em queda, apontou a Fundação Getulio Vargas em dados divulgados nesta quartafeira.

 

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) avançou 2,0 pontos e chegou a 84,2 pontos em maio.

 

"O resultado foi influenciado pela melhora das expectativas com relação à situação financeira das famílias e o ímpeto de compras, ambos quesitos positivamente influenciados pela inflação mais baixa e os juros nominais em queda", destacou a coordenadora da pesquisa, Viviane Seda Bittencourt, em nota.

 

O resultado decorre principalmente do ganho de 3,5 pontos no Índice de Expectativas (IE), para 94,6 pontos, uma vez que o Índice da Situação Atual (ISA) caiu 0,3 ponto, para 70,5 pontos.

 

Em maio, o IPCA-15 subiu 0,24 por cento e foi abaixo de 4 por cento no acumulado em 12 meses pela primeira vez em quase uma década, de acordo com dados divulgados na terça-feira pelo IBGE. Esse cenário mantém as portas abertas para a redução da taxa básica de juros promovida pelo Banco Central mesmo diante da turbulência política.

 

Viviane destacou que o aprofundamento da crise política no país ainda não foi detectado na pesquisa deste mês sobre a confiança do consumidor, mas que a coleta de dados posterior sinaliza que o aumento de incertezas no ambiente político pode provocar maior cautela dos consumidores nos próximos meses.

 

 A turbulência política que vem abalando o país desde a semana passada foi causada pela divulgação de delações e áudio implicando o presidente Michel Temer e importantes lideranças políticas.(Fonte: Portal Uol) 

 


ONDE ESTAMOS

Rua Levindo Lopes, 357 - 6º andar - Funcionários Belo Horizonte - MG

EMAIL

amis@amis.org.br

LIGUE

(31) 2122-0500
Facebook Twitter Youtube



© Copyright 2013 - AMIS - Associação Mineira de Supermercados. Todos os direitos reservados.