REDES SOCIAIS AMIS Facebook Twitter Youtube

AMIS



Indústria de Minas avança pelo 2º mês seguido, aponta o IBGE - 08/02/2017



Impulsionada pela retomada nos setores mineral e automobilístico, a produção industrial de Minas Gerais cresceu 2,3% em dezembro em relação a novembro, registrando o segundo mês positivo no estado – em novembro, a alta foi de 5,9% na comparação com outubro. Segundo levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre os 14 estados pesquisados, 10 tiveram avanço na produção industrial no último mês de 2016. 



O cenário positivo, no entanto, é visto com cautela pelos especialistas, que consideram necessário aguardar os resultados dos próximos meses para avaliar se a indústria está iniciando um momento de recuperação. No índice acumulado de 2016, o setor industrial em Minas recuou 6,2% frente a 2015.
 


“É cedo para falar em recuperação. Vamos esperar os próximos indicadores econômicos de 2017 para ver como será a reação frente aos incentivos que estão sendo dados, como a redução da taxa de juros e a liberação dos recursos das contas inativas do FGTS”, avalia Cláudia Pinelli, supervisora de pesquisas econômicas do IBGE em Minas Gerais. Ela lembra que em junho e julho do ano passado a produção industrial também registrou aumento, mas registrou grandes quedas ao longo do segundo semestre.



Segundo Cláudia Pinelli, entre novembro e dezembro as produções nas áreas extrativas – principalmente o item minério de ferro – e automobilísticas foram as que mais impulsionaram o setor industrial em Minas. “A recuperação do preço do minério tem um grande impacto nas indústrias extrativas e o aumento da produção puxa os números do estado”, ressaltou a supervisora do IBGE. O órgão não divulga mensalmente a variação de cada área da indústria.



Já em comparação com dezembro de 2015, a indústria mineira registrou expansão de 2,2%, sendo que sete das 13 atividades pesquisadas apontaram avanço na produção. A indústria mineral cresceu 15,3% e teve um peso significativo para a economia do estado. Outros avanços importantes foram observados nos ramos de veículos automotores, reboques e carrocerias, com aumento de 6,3%; de produtos têxteis, 29%; e de produtos derivados do petróleo e biocombustíveis, 2%. Por outro lado, o setor de produtos alimentícios teve queda de 6,2% e o de metalurgia registrou retração de 5,6%, exercendo as principais influências negativas na indústria mineira. (Fonte: Portal UAI)

 

 


ONDE ESTAMOS

Rua Levindo Lopes, 357 - 6º andar - Funcionários Belo Horizonte - MG

EMAIL

amis@amis.org.br

LIGUE

(31) 2122-0500
Facebook Twitter Youtube



© Copyright 2013 - AMIS - Associação Mineira de Supermercados. Todos os direitos reservados.